Do Milagre de Estarmos Todos Juntos

Se tem uma coisa que vai totalmente contra as possibilidades matemáticas é terminarmos um dia vivos. A partir do momento em que colocamos o pé fora de casa, podemos ser mortos das maneiras mais absurdas. Atropelamento, quedas de objetos, raios, acidentes de carro, qualquer coisinha pode nos mandar para outra dimensão. Na verdade, estarmos vivos ainda que bem quietinhos dentro de uma sala fechada é um milagre: são muitos órgãos que têm que funcionar muito bem para que nosso organismo se mantenha vivo.

Agora calcule a possibilidade de toda a sua família poder estar unida ano após ano… Se manter uma pessoa viva já é um milagre, imagine manter todas aquelas pessoas que estão na sua casa comemorando seu aniversário, ou comendo o peru natalino e bebendo espumante barato todos os anos (e fazendo as mesmas piadas). Sério, é um milagre. Em ocasiões como essas, que se foda Schopenhauer e aquela idéia de que o que vale é a continuidade da espécie: para mim vale muito a vida de cada indivíduo ali, simplesmente porque são únicos, especiais e porque os amo.

Anúncios

Sobre ociolivre

A prática do ócio livre era o ideal de vários filósofos antigos. Onde nossas reflexões nos levarão?
Esse post foi publicado em Alma gêma, Filosofia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s