Do aparente enlouquecimento do Brasil

Não sei se é resultado do processo natural de amadurecimento que se espera que acompanhe o envelhecimento, mas tenho a sensação de que o país está enlouquecendo. É uma mistura de falta de cultura e de conhecimento de História, de excesso de politicamente correto e de uma “caça às bruxas” indiscriminada (como todas as que já aconteceram na História).

Vejo as pessoas clamando por leis, por justiça, por condenação de corruptos, sem olharem suas próprias violações às leis e seus atos desonestos, que a elas parecem pequenos, mas são apenas reflexo da cultura podre da “Lei de Gerson” que aqui impera. Vejo pessoas preocupadíssimas em exigir seus “direitos”, mas sem nenhum interesse em cumprir com suas obrigações.

Vejo professores sem nenhuma autoridade em sala de aula e pais que não conseguem colocar limites em seus filhos, vítimas de teorias educacionais com bases altamente duvidosas e resultados comprovadamente infelizes.

Vejo o Supremo Tribunal Federal decidir contra a Constituição Federal diante dos olhos de todo o país, como no caso das polêmicas cotas raciais, e não temos a quem recorrer. Vejo uma “Comissão da Verdade” que já está mostrando sua verdadeira face, admitindo “rever” a Lei da Anistia, sendo que só há representantes de um dos lados, em uma mostra total de revanchismo.

Vejo no horário nobre da televisão um apelo inacreditável para o endividamento do povo, com “ofertas” de crédito em condições “inacreditáveis”. Vejo o governo reduzindo a taxa de juros sem dar a devida importância ao aumento visível da inflação, chegando até a modificar sua fórmula de cálculo para tentar reduzir o famigerado índice.

Vejo leis imbecis sendo aprovadas, como a do acesso a informações de órgãos públicos sem que haja justificativa para tal. Ora, o funcionamento dos órgãos públicos já não é suficientemente lento para alguém ter a brilhante idéia de destacar pessoas para responder todos e quaisquer questionamentos de quaisquer cidadãos, sem justificativa? Ou pior, que podem ter motivações desonestas? É uma tentativa ridícula de aparentar uma transparência que não existe, apenas para satisfazer pessoas acéfalas, ingênuas e manipuláveis, o mesmo tipo de pessoas que há alguns séculos ia assistir queimas de feiticeiras em fogueiras da Inquisição, ou gritar pela decapitação dos monarcas na Revolução Francesa. Gente alienada e sem visão, que sempre existiu e sempre existirá.

E o que podemos fazer? A imprensa não tem a devida isenção, sendo em grande parte dependente dos valores pagos pelos governos para suas ações de publicidade. A estrutura política já está tão comprometida que as pessoas honestas que se dispõem a atuar nesse meio acabam por desistir, ou perdem suas vidas. E ainda achamos que vivemos uma democracia…

Como terminará esse processo de enlouquecimento financeiro, político, moral e cultural da sociedade brasileira? Não sei, mas a perspectiva me assusta.

Anúncios

Sobre ociolivre

A prática do ócio livre era o ideal de vários filósofos antigos. Onde nossas reflexões nos levarão?
Esse post foi publicado em Cotidiano, História, Investimentos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s