Da “Síndrome do Cavalo de Fogo”

Muitas vezes ao longo da minha existência bizarra e vazia, comentei com as pessoas que meu homem ideal seria o Cavalo de Fogo. Isso era recebido com espanto, às vezes pavor (as pessoas sempre pensam maldades), e nunca ninguém entendia de cara o que eu queria dizer.

Até que semanas atrás, conversando com uma nova colega de trabalho, comentei esse assunto, e ela imediatamente falou: “Sim, meu também! Ele é perfeito!”. Então começamos a conversar sobre as características que fazem do Cavalo de Fogo o homem perfeito.

Primeiro, a voz do Saruman. Quando ele fala, todos se calam. Uma voz grave, masculina. Depois, ele é infalível. Tudo o que ele faz dá certo no final.

E o mais importante: ele nunca decepciona a Princesa Sara. Ela sabe que sempre pode contar com ele, e ele sempre aparece para livrá-la de todos os perigos. Dia desses assisti o season finale da série e em algum momento as crianças perguntam “Ah, Cavalo de Fogo, o que seria da nossa vida sem você?”, ao que ele responde “isso é uma coisa com a qual vocês nunca precisarão se preocupar”. Aiai.

O phoda disso é que nós lidamos, na vida, com homens reais! E o Cavalo de Fogo é só um personagem de desenho! Mas é difícil aceitar isso depois de ter sido contagiada pela “Síndrome do Cavalo de Fogo.”

Em tempo: a colega citada também está solteira. Mau sinal. Ou não.

Anúncios

Sobre ociolivre

A prática do ócio livre era o ideal de vários filósofos antigos. Onde nossas reflexões nos levarão?
Esse post foi publicado em Alma gêma, Cotidiano, Televisão e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s