Da responsabilidade emocional

A grande vantagem das derrotas emocionais é que elas nos fazem refletir. Não apenas sobre nós, mas também sobre os demais…

É fato que vivemos em uma sociedade, e que ela tem regras não escritas. São protocolos sociais. Quase todas servem para controlar nossos instintos e hormônios, afinal no fundo somos apenas animais domesticados. E é responsabilidade de todos seguir esses protocolos, a fim de manter a “paz social”.

Ora, o não seguimento de alguns desses protocolos, em especial no que se refere às relações homem-mulher (ou homem-homem, mulher-mulher, enfim), dá ensejo a que a “vítima” do não-seguidor do protocolo pense que há algo mais na história que uma simples relação social. A vítima é induzida a erro.

Então, seguir o protocolo social é uma obrigação de todos. É um ato de responsabilidade emocional. Todos nós temos responsabilidade sobre nossas atitudes e o reflexo que elas venham a ter sobre os demais, e isso inclui os reflexos emocionais. Devemos estar atentos para não provocar dúvidas ou gerar ilusões… Particularmente, acho um bad karma do caramba…

Mas uma vez identificado o “psicopata emocional”, temos a obrigação de não nos mantermos presas desses malucos.

Anúncios

Sobre ociolivre

A prática do ócio livre era o ideal de vários filósofos antigos. Onde nossas reflexões nos levarão?
Esse post foi publicado em Alma gêma, Cotidiano, Filosofia e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s