Do sentimento repetitivo de ausência de propósito

Periodicamente, minha mente é invadida por pensamentos desesperançados. Essa invasão é acompanhada por uma sensação de apatia, de languidez, de indiferença, alternada com surtos de ansiedade. Por vezes consigo relacionar essas sensações a alguma ocorrência, como alguma decepção, cansaço ou falta de atividade física, mas às vezes não há como esconder o desalento atrás de uma máscara de “estresse da vida moderna”.

E a causa profunda dessa inquietação é a mesma, desde o princípio: para quê?

Temo pelo dia em que pense saber a resposta a essa pergunta.

Anúncios

Sobre ociolivre

A prática do ócio livre era o ideal de vários filósofos antigos. Onde nossas reflexões nos levarão?
Esse post foi publicado em Cotidiano, Filosofia, Morte e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s