De “O que é que eu vou fazer com essa tal liberdade?”

Aproveitando as férias, resolvi saldar uma dívida com a dramaturgia brasileira e, finalmente, assistir a primeira versão de “Escrava Isaura”.

Minhas impressões sobre a novela merecem um post a parte, mas já digo que o que me fez gostar bem mais da Isaura da novela do que da Isaura do livro é o desejo de liberdade. Isaura da TV fala muito sobre a liberdade, sobre o absurdo da instituição da escravidão e, em certo capítulo, fala com muita intensidade (palmas para Lucélia Santos) sobre a carta de alforria. A cena é muito interessante, porque Lucélia conseguiu se transportar para aquela época e realmente dar a dimensão do valor desse documento, que faria com que um escravo deixasse de ser escravo, de ter um senhor, e poderia dispor sobre si mesmo… Uma coisa que para nós é um direito básico, em uma época não muito distante foi um sonho, que enfim foi realizado com o custo de muito sangue e muita luta.

Hoje não temos “senhores” (ao menos não oficialmente) e podemos dispor sobre nós mesmos. Temos liberdade. Sinto que devemos, então, repetir a pergunta do filosófico grupo Só Pra Contrariar: “O que é que eu vou fazer com essa tal liberdade?”.

Farei o que tiver vontade? Ficarei presa a velhos conceitos?  Levarei uma vida baseada na segurança material e emocional? Arriscarei meu conforto (principalmente mental) pelo bem da coletividade? Não sei.

Mas sei que, a cada dia, tenho que dar valor à minha carta de alforria.

Anúncios

Sobre ociolivre

A prática do ócio livre era o ideal de vários filósofos antigos. Onde nossas reflexões nos levarão?
Esse post foi publicado em Cotidiano, História, Literatura, Questões raciais, Televisão e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s