Arquivo da categoria: Alma gêma

Seu amor pode estar do seu lado – de verdade!

Depois de mais de um ano sem escrever (gente, como o tempo voa), voltei! E justifico: muita coisa aconteceu. Nesse post aqui, falei que estava bem envolvida em um relacionamento que parecia saudável e promissor. Pois então, casei! ❤ Concluí … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano | Marcado com , , | Deixe um comentário

De Adrian Lucero e Graziela Álvares Real

Quem não assistiu “Esmeralda”, NÃO LEIA! Spoilers fortes! Adoro amores trágicos! Já falei muito sobre Manuela Ferreira (“a noiva de Garibaldi”), Adèle Hugo e D. Leopoldina (apaixonada por D. Pedro I e, mais do que tudo, pelo dever), minhas personagens … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano, Televisão | Marcado com , , , | 1 Comentário

De Tolstoi

Depois de algum tempo afastada dos russos, voltei à carga com Ana Kariênina. Minha irmã, que havia pegado o livro com uma amiga, tentou me dissuadir de ler, com receio de que eu pulasse pela janela de casa. Após jurar … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Literatura, Morte | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

De quando a Bíblia e Calamaro dizem o mesmo

Hoje a depressão bateu forte por aqui. Foi um dia muito pesado em termos de trabalho, onde mais uma vez fui confrontada com a sujeira que infecta a administração pública, tomada por políticos que não querem nada além de garantir … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano, Música, Religiões | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Da espera por Garibaldi

Já contei aqui o quanto o platonismo amoroso ferrou com meu emocional durante anos… Acho que isso eu superei. Nos últimos anos, porém, outra tendência tem prejudicado minhas tentativas de viver como uma pessoa normal: a espera por Garibaldi. Já … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano, História | Marcado com , | Deixe um comentário

Do que desejamos x com o que estamos acostumados

E aí que mais uma vez estou apaixonadinha por um cara fora dos padrões. Nesse caso não sei ainda se religião será um problema, mas outras coisas o são. O sujeito é o que se chama de um cara “estranho”: … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano | Marcado com , | Deixe um comentário

Do amor por Júlio Dinis

Na verdade, esse é um texto de desabafo, apenas para extravasar o “amor literário” tão grande que sinto por Júlio Dinis. Como já contei em outras postagens, minha personalidade foi muito influenciada pela leitura de “As pupilas do Senhor Reitor”, … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano, Literatura | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário