Arquivo da categoria: Religiões

De quando a Bíblia e Calamaro dizem o mesmo

Hoje a depressão bateu forte por aqui. Foi um dia muito pesado em termos de trabalho, onde mais uma vez fui confrontada com a sujeira que infecta a administração pública, tomada por políticos que não querem nada além de garantir … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano, Música, Religiões | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Dos frutos reais do processo de amadurecimento

Sim, como havia previsto posts atrás, a história da minha vida segue igual, uma sequência de fracassos emocionais. Dessa vez, quem me fodeu foi a Igreja. Nunca antes na história desse país eu imaginei que pudesse ter o azar de … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano, Filosofia, Religiões | Deixe um comentário

Do rito religioso como um tratamento de sintomas

Novamente, a religião volta a fazer parte da minha vida de uma maneira meio torta, e tenho que decidir como lidar com uma pessoa muito especial, mas que é religiosa (ainda não sei até que ponto, mas enfim). Antes que … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano, Religiões | Deixe um comentário

Do sagrado direito de mudar de opinião

Uma coisa que me deixa estarrecida é o apego excessivo das pessoas às suas ideias. Cabe aqui dizer que eu separo “ideias” de “princípios”, ou “valores”. Estes costumam ter um fundo moral, de respeito ao próximo, a uma divindade ou … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano, Filosofia, Literatura, Questões raciais, Religiões | Deixe um comentário

Das palavras em extinção: “ideal” e “sistema”

Estava lendo um livro sobre o período que antecedeu a morte do Rei D. Carlos de Portugal, e em algum momento o mocinho republicano, alertado por um velho professor sobre a incerteza do que seria construído no lugar da monarquia, … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano, História, Literatura, Religiões | Marcado com | Deixe um comentário

Da redução da importância da religião na sociedade

Houve um tempo em que fui uma pessoa muito religiosa. Deixei de fazer muitas coisas que a maioria dos meus amigos não-religiosos fazia, mas, de uma maneira geral, não era sofrido. Tinha certa segurança no caminho que estava percorrendo, sabia … Continuar lendo

Publicado em Cotidiano, Filosofia, História, Religiões | Deixe um comentário

Do suicídio como um tema proibido

Entre os tabus que existem na nossa sociedade, o suicídio inexplicavelmente segue sendo, no meu ponto de vista, o tabu-mor. A imprensa de maneira geral não noticia casos de suicídio, supostamente para não incentivar outras pessoas a fazer o mesmo. … Continuar lendo

Publicado em Filosofia, Literatura, Religiões | Marcado com , , | Deixe um comentário