Arquivo da tag: Casamento

Seu amor pode estar do seu lado – de verdade!

Depois de mais de um ano sem escrever (gente, como o tempo voa), voltei! E justifico: muita coisa aconteceu. Nesse post aqui, falei que estava bem envolvida em um relacionamento que parecia saudável e promissor. Pois então, casei! ❤ Concluí … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano | Marcado com , , | Deixe um comentário

Da espera por Garibaldi

Já contei aqui o quanto o platonismo amoroso ferrou com meu emocional durante anos… Acho que isso eu superei. Nos últimos anos, porém, outra tendência tem prejudicado minhas tentativas de viver como uma pessoa normal: a espera por Garibaldi. Já … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano, História | Marcado com , | Deixe um comentário

Do que desejamos x com o que estamos acostumados

E aí que mais uma vez estou apaixonadinha por um cara fora dos padrões. Nesse caso não sei ainda se religião será um problema, mas outras coisas o são. O sujeito é o que se chama de um cara “estranho”: … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano | Marcado com , | Deixe um comentário

De Manuela, a “Noiva de Garibaldi” – parte 2

Já contei aqui um dos aspectos que me emocionam na história de Manuela Ferreira, a “noiva de Garibaldi”. Entendo que ela tenha preferido ficar sozinha, ao saber que não poderia tê-lo. Mas outro aspecto me dói ao pensar na história … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, História, Literatura, Televisão | Marcado com , | Deixe um comentário

Da história de Adèle H. – parte 2

Hoje revi pela enésima vez um dos meus filmes preferidos, “A história de Adèle H.”. Acabo sempre revendo esse clássico quando começo a gostar de alguém mais do que deveria, é bom para manter a higidez da mente. Realmente já … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cinema, Literatura | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Da “Síndrome do Cavalo de Fogo”

Muitas vezes ao longo da minha existência bizarra e vazia, comentei com as pessoas que meu homem ideal seria o Cavalo de Fogo. Isso era recebido com espanto, às vezes pavor (as pessoas sempre pensam maldades), e nunca ninguém entendia … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano, Televisão | Marcado com , , | Deixe um comentário

Do mocinho – parte 2

Assistindo novamente “Maria Mercedes” (não adianta, eu não resisto!), lembrei de um assunto inacabado por aqui: o segundo tipo de mocinho mais comum, o completo bundamole. Como coloquei aqui, os mocinhos podem ser herois perfeitos ou bundamoles. Relaciono isso com … Continuar lendo

Publicado em Alma gêma, Cotidiano, Filosofia, Televisão | Marcado com , , , | Deixe um comentário